30 antes dos 30: Kill Bill: Vol. 2

Uma Thurman e David Carradine em Kill Bill, Vol. 2

Depois do Vol. 1, a segunda parte do filme de acção que Quentin Tarantino se propôs fazer para poder comparar-se aos melhores realizadores do seu tempo. Continue reading

Advertisements

30 antes dos 30: In Bruges

Brendan Gleeson e Colin Farrell em In Bruges

As paredes góticas da cidade belga de Bruges são porto de abrigo para Ken (Brendan Gleeson) e cárcere para Ray (Colin Farrell). Um faz-se turista, enquanto o outro se vê prisioneiro – mas os dois são assassinos ao serviço de Harry (Ralph Fiennes) neste In Bruges (2008). Estão num exílio temporário enquanto aguardam instruções do patrão. Irlandeses, os dois homens vão parar àquela cidade medieval, que, assim como o guião escrito por Martin McDonagh, está impregnada de uma espiritualidade muito religiosa mas também muito filosófica. Continue reading

30 antes dos 30: American Psycho

Christian Bale em American Psycho (2000)

Quando Christian Bale aparece no ecrã, a descrever-nos toda a sua rotina matinal, faz uma máscara facial de menta (sim, os detalhes são tudo para o protagonista de American Psycho). Ouvimos um piano enquanto Bale começa a remover a máscara e a música relaxante dá lugar a uma de tom ameaçador. Mas logo ouvimos “Walking On Sunshine”, quando Bale sai do seu apartamento branco e iluminado para as ruas de New York. Continue reading

30 antes dos 30: 21 Grams

Sean Penn e Naomi Watts em 21 Grams

Em Birdman e The Revenant, Alejandro G. Iñarritu conta histórias de pessoas em circunstâncias excepcionais das suas vidas. O realizador traz essas histórias no meio de Hollywood, com a escala dos grandes sucessos de bilheteira mas uma identidade muito própria. Ver 21 Grams (2003) depois de conhecer Iñarritu como um realizador já consagrado é olhar mais fundo para a origem desse caminho. E, na origem, está a vontade de contar histórias de pessoas em circunstâncias excepcionais. Continue reading