30 antes dos 30: Tabu

Ana Moreira e Carloto Cotta em Tabu (2012)

Aurora e Ventura viveram um amor proibido, manchado de sangue, que lhes atormenta as memórias da velhice. Tabu tem África como pano de fundo – e isso já diz muito deste filme. E tem como vilão desta história as tiranias abstractas que povoam o imaginário português. Tabu assegurou a Miguel Gomes um lugar entre os cineastas dos nossos dias. Continue reading

Advertisements

30 antes dos 30: Alice

Alice (2005)

São poucos os filmes portugueses na lista e os que lá estão são, sobretudo, clássicos antigos (Manoel de Oliveira, Paulo Rocha, Fernando Lopes). Mas depois há Marco Martins e o seu “Alice”, filme de 2005 que surpreendeu tudo e todos.

Marco Martins era um jovem realizador, mas, 14 anos depois da estreia de “Alice”, isso pouco conta. Agora já tem obra feita para mostrar que o sucesso daquela sua primeira longa-metragem não foi fruto do acaso. “Alice”, contudo, não tem nada de jovem, se, por jovem, falarmos de uma visão que ainda não amadureceu, a que falta qualquer coisa. Continue reading